domingo, 10 de junho de 2007

Pesos e medidas


Conforme mencionei no último post, os americanos não usam o sistema métrico-decimal, como o resto do mundo. Esse sistema foi adotado para uniformizar as medidas e facilitar a vida do povo que viaja porque, até a adoção do chamado Sistema Internacional de Unidades, ou somente SI, cada país usava a sua medida. Nao quero aqui ficar tentando dar uma aula sobre o assunto entao se você precisar de informações mais completas sobre o SI você pode encontrar no site do Wikipedia, no link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_Internacional_de_Unidades

Já sabia do fato antes de mudar pra cá, mas so fui sentir a dificuldade no cotidiano, por exemplo quando ia às compras (eles usam onças e não quilos ou gramas!!!) , quando enchia o tanque do carro (eles usam galões e não litros!!!), pra medir distâncias (Robert, meu marido, às vezes diz "eles moram a umas 20 milhas daqui" Ããããã????) e o mais vergonhoso, para fornecer minha altura quando solicitada (eles usam pés e não metros!!!).


Vivo com uma tabela na mesa do meu escritório e a parte da altura já foi superada. O pior não é o galão, os pés, as milhas, os quilos, mas os submúltiplos deles, que dificultam a empreitada, porque nada é múltiplo de dez, e pra quem foi educado no sistema onde tudo gira em torno do dez há que se mudar a postura intelectual, e a luta continua!!!


Ah, só prá esclarecer, a foto não é atual, (vou tirar uma, juro!), os preços da gasolina aqui estão bem diferentes agora...



3 comentários:

Carolzinha disse...

Poatzzzz... eu fico tentando imaginar pq só eles querem ser diferentes né?!?!? rsssss ain santin!!!
Ainda bem q a direção do carro e o lado das vias continuam iguais, pq senão aí ia complicar de vez!!! rssssss

Bjusss

Carlos Zev Solano disse...

Oi Simone,

acho que o sistema de medidas americano deve ser encarado da mesma forma que uma outra língua.

O melhor não é traduzi-lo, mas usá-lo e entendê-lo.

É como usar o Google para traduzir: "How old are you?"
fica igual a "como velho é você?"

Bem, é só uma opinião.

Se me permite o pedido, gostaria de saber mais sobre o modo de encarar do povo daí. Acho que rende uma boa crônica.

Beijos e tô gostando da produção de textos - principalmente do ritmo. Estão ótimos. Informativos e leves.

SIMONE disse...

Concordo plenamente c vc, Carlos, e eh o que tenho feito por aqui, estou me deixando aprender como crianca! Mas, as vezes preciso fazer uso de uma tabela, se nao posso complicar a minha vida!!! hahaha